Indiferente

Sinto-me só.
Como se não houvesse mais nada para lutar
Mais nada para ver, ouvir, falar
Há um imenso vácuo
Uma vida
Um amor,
Até mesmo uma ilusão.

O amor, o sofrer, o anjo.  Nada mais me apega. 
Nada mais me impressiona
Tudo é borrão. Um borrão sem cor, sem brilho.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mais do que paixão - Albafica de peixes ♥

- Mais do que paixão: Personagens masculinos com cabelos longos! *-*